Holanda quer pôr em marcha economia circular já

Assunto está na lista das prioridades da actual presidência da União Europeia

 

Holanda quer pôr em marcha economia circular já. Assunto está na lista das prioridades da actual presidência da União Europeia. 

O Ministério do Ambiente da Holanda, país que está actualmente a presidir à União Europeia, quer pôr em marcha a economia circular, afirmou fonte governamental ao Ambiente Online.

 

O governo de Sharon Dijksma, ministra com a pasta do ambiente, já assumiu o compromisso de dar o “kickstart” para a nova proposta relativa aos resíduos, para que possa ser concluída logo que possível”.

 

O novo pacote da economia circular, adoptado pela Comissão Europeia a 2 de Dezembro, propõe um conjunto de medidas que abrange o sector dos resíduos, incluindo propostas de alteração a várias directivas europeias e um plano de acção para fechar o ciclo dos produtos englobando todas as fases das cadeias de valor.

 

O tema será discutivo pelo Conselho do Ambiente durante a presidência holandesa. “Estamos já a realizar reuniões com os diversos Estados Membros sobre a temática no sentido de preparar bem o Conselho do Ambiente que se realizará a 4 de Março”, avança a mesma fonte. A Holanda preside ao Conselho da União Europeia de Janeiro a Junho de 2016.

 

"A Análise do Impacto da Economia Circular no Sector Nacional dos Resíduos. Ameaças e oportunidades" é o grande tema da 10.ª edição do Fórum Nacional de Resíduos, que se realiza a 19 e 20 de abril no Sana Malhoa Hotel, em Lisboa, e que irá debater a temática junto dos profissionais do sector.

O Fórum Nacional de Resíduos é organizado pelo jornal Água&Ambiente, uma publicação do Grupo About Media. 

 

(Ana Santiago para o Ambiente Online)