ANDRÉ MATOSO

António André Pinto Matoso Pereira nasceu em Cambambe (Angola), em 1961.

 

É Licenciado em Geologia pela Universidade de Lisboa (1981 a 1986).

 

Possui 29 anos de experiência profissional nas áreas de Planeamento, Gestão e Monitorização de Recursos Hídricos; Monitorização Ambiental; Avaliação de Impactes Ambientais; Avaliação Ambiental Estratégica de planos e programas; Geologia Ambiental e Ordenamento do Território/Recursos Hídricos; Acompanhamento Ambiental de Obras; Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável.

 

Atualmente e desde abril de 2013, é Administrador Regional da Administração da Região Hidrográfica do Alentejo, departamento descentralizado da Agência Portuguesa do Ambiente, I.P.

 

Desde novembro de 2013, Presidente do Conselho de Administração da Sociedade Polis Litoral Sudoeste - Sociedade para a Requalificação e Valorização do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, S.A.

 

De maio 2012 a abril 2013 foi Diretor do Departamento de Planeamento, Informação e Comunicação, da ex-ARH Alentejo, I.P.; de novembro 2008 a abril 2012, Assessor Principal/Coordenador da Área Técnica de Estudos e Planeamento (ARH Alentejo, I.P.), responsável pela coordenação da elaboração dos Planos de Gestão das Regiões Hidrográficas do Sado e Mira (RH6) e do Guadiana (RH 7) e respetiva Avaliação Ambiental Estratégica; de maio 2007 a novembro 2008, Diretor de Serviços de Águas Interiores (CCDR Alentejo); devmaio 2005 a abril 2007, Diretor de Serviços de Monitorização Ambiental (DRAOT Alentejo e CCDR Alentejo); de agosto 2002 a maio 2005, Chefe da Divisão de Monitorização Ambiental (DRAOT Alentejo); de julho 1995 a agosto 2002, Chefe da Divisão de Recursos Hídricos (DRA Alentejo e DRAOT Alentejo) e de maio 1987 a julho 1995, Técnico Superior (CCR Alentejo e DRARN Alentejo).

 

Membro da Comissão de Acompanhamento Ambiental das Infraestruturas de Alqueva e coordenador do Grupo de Trabalho para a Qualidade Ambiental (1998 a 2007).

 

Membro da Delegação Portuguesa à CADC - Comissão para a Aplicação e Desenvolvimento da Convenção sobre Cooperação para a Proteção e Aproveitamento Sustentável das Águas das Bacias Hidrográficas Luso-Espanholas.

 

Autor e co-autor de trabalhos, publicações, comunicações e artigos técnicos ligados à sua atividade profissional.

 

Formador na área do Ambiente: Curso sobre Avaliação de Impactes Ambientais, IPAMB (1994); Curso para Operadores de ETAR, (1996/1997); Curso de Jornalismo Ambiental, IPAMB/FLAD (1999).