GABRIELA MONIZ

Maria Gabriela Vaz Moniz dos Santos é licenciada em Arquitetura Paisagista, pelo Instituto Superior de Agronomia.

 

É Diretora Regional da Administração da Região Hidrográfica do tejo e Oeste, departamento da Agência Portuguesa do Ambiente, I.P., desde maio de 2015.

 

Entre 2012 e 2015 foi Diretora do Departamento do Litoral e Proteção Costeira, na Agência Portuguesa do Ambiente.

 

Foi Diretora de Departamento dos Recursos Hídricos do Litoral, na Administração da Região Hidrográfica do Tejo entre 2010 e 2012.

 

Entre 2008 e 2010 foi chefe do Gabinete de Ordenamento do Território, cargo de direção intermédia de 2.º Grau, criado nos termos dos Estatutos da ARH do Tejo. No ano de 2008 também foi Técnica Superior da Divisão do Litoral na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo.

 

Entre 2007 e 2008 assumiu o cargo de Técnica superior da Divisão de Ordenamento do Território na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo. E entre 2006 e 2007 foi Técnica superior, em regime de destacamento, do Instituto de Conservação da Natureza, na Divisão de Ordenamento e Proteção no Instituto da Água.

 

De 1988 a 2006 desempenhou funções como Técnica superior no Instituto de Conservação da Natureza. No mesmo instituto foi também Coordenadora do Grupo de Trabalho do Litoral e Reservas Marinhas, entre 1998 e 2001 e desempenhou funções no Parque Natural da Ria Formosa em maio 1989 a agosto 1991.

 

 

Integrou o Grupo de Trabalho para o Litoral, nomeado pelo Secretário de Estado do Ambiente, (Despacho n.º 6574/2014, de 20 de maio) responsável pela elaboração do relatório: Gestão da Zona Costeira - O Desafio da Mudança (dezembro 2014); Coordenou a elaboração do Plano de Ação de Proteção e Valorização do Litoral 2012 – 2015 e a candidatura das ações de maior prioridade a financiamento comunitário (POVT); Integrou os trabalhos do Grupo de Trabalho do Território (coordenado pela DGT) com vista à elaboração de orientações para a transposição dos Planos Especiais de Ordenamento (PEOT) para os Planos Diretores Municipais; Coordenou a elaboração de orientações para a elaboração dos Programas Especiais de Ordenamento do Território de Proteção dos Recursos Hídricos na sequência da publicação da nova Lei de Bases da Política de Solos, de Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano; Coordenou a elaboração de Planos Especiais de Ordenamento do Território, participou na coordenação da elaboração do Plano Sectorial da Rede Natura 2000 e acompanhou a elaboração de planos sectoriais, de planos regionais e municipais de ordenamento do território nas vertentes de conservação da natureza e de proteção e valorização de recursos hídricos; Coordenou a execução de várias empreitadas para minimização de riscos de erosão costeira; Elaborou e acompanhou projetos de requalificação, recuperação e proteção de áreas do litoral e as respetivas obras; Coordenação do Plano de Fiscalização: “Tejo Sustentável” em articulação com GNR/SEPNA e IGAMAOT, para avaliação do estado qualitativo e quantitativo da água, julho 2015; Coordenação do processo de discussão pública do programa de medidas do Plano de Gestão de Região Hidrográfica do Tejo e ribeiras do Oeste; Participação na Fase de Programa de Medidas do Plano de Gestão da Região Hidrográfica do Tejo e Oeste e coordenação da respetiva Discussão Pública.