Desafios do setor: Alteração dos parâmetros de qualidade das descargas

As entidades gestoras e a indústria estão preocupadas com a imposição de parâmetros de qualidade mais exigentes, para as descargas de efluentes nos meios recetores, em particular com os prazos fixados para concretizar ajustamentos dos sistemas de tratamento. O setor está consciente que a seca altera a qualidade das massas de água e agrava os cenários de escassez mas necessita de se preparar.

 

- O que é razoável exigir?
- Que pressupostos foram utilizados na definição de parâmetros de qualidade das descargas? Qual foi o racional?
- Onde está o ponto de equilíbrio entre a qualidade das massas de água e os custos associados à alteração dos sistemas de tratamento para cumprir de novos parâmetros?

 

O debate do tema conta com a participação de António Ventura, Presidente do Conselho de Administração da SIMARSUL; José Eduardo Martins, Sócio da Abreu Advogados; José Pimenta Machado, Vice-Presidente do Conselho Diretivo da Agência portuguesa do Ambiente e Óscar Arantes, Diretor de Ambiente e Energia da The Navigator Company. Maria João Rosa, Investigadora-Coordenadora do LNEC fará a moderação da mesa redonda.