Grande Debate: Renovação das infraestruturas

O setor da Água reconhece a urgente necessidade de renovação e reabilitação de ativos infraestruturais de modo a não limitar níveis de desempenho expetáveis.
O investimento, a decisão do momento ideal (ponto ótimo do ciclo de vida do ativo) e a complexidade das intervenções, que muitas vezes se caraterizam por obras cirúrgicas de elevada complexidade técnica e com a necessidade de manter os ativos em funcionamento, poderão justificar a reduzida taxa de renovação.

- Qual o valor de investimento estimado para a renovação de infraestruturas?
- O que já foi investido? O que falta investir e com que prioridades?
- Que tipo de projetos/ especialidades serão mais requeridos pelas entidades gestoras?


O tema conta com a apresentação de Francisco Narciso, Presidente do CA da Águas Públicas do Alentejo e Direção de Desenvolvimento de Negócio do Grupo Águas de Portugal, à qual se seguirá o debate alargado à plateia com moderação de Joaquim Poças Martins, Professor da FEUP.