Finerge junta sol ao vento após 1,2 milhões de euros de investimentos

A Finerge, empresa de capitais australianos e que detém 499 aerogeradores, instalados nas 40 Centrais Eólicas que explora em Portugal, com uma capacidade total de  822,8 MW em funcionamento e produzindo cerca de 1,77 TW/h por ano, vai virar-se para a energia solar.

 

Os investimentos da empresa até ao momento já superaram os 1,2 mil milhões de euros, sendo as mais recentes aquisições as realizadas já este ano,dos parques eólicos de Vila Franca de Xira e de Baião à Martifer e à SPEE, que os detinham em partes iguais.

 

A Finerge atingiu um volume de negócios de 170 milhões de euros em 2018 e uma taxa de crescimento anual próxima dos 5%. Em 15 de maio passado, a empresa anunciou ter contratado um financiamento de 706 milhões de euros e de mais 92 milhões em linhas de crédito para acelerar o crescimento.

 

Renováveis vão estar em destaque no 1º Fórum Energia

 

As energias renováveis serão, entre muitos outros, temas obrigatórios  no 1.º Fórum Energia que vai decorrer a já noa próximos dias 16 e 17 de julho, no Sana Malhoa Hotel, em Lisboa. 
 
O Fórum vai contar com a participação do Secretário de Estado da Energia, João Galamba, na iniciativa inédita "Parlamento da Energia", e terá ainda a presença do Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, que encerrará o evento. 


O 1.º Fórum Energia promete marcar 2019 por ser um momento único, plural e independente, na discussão em Portugal da política pública para a energia.

Consulte aqui o programa do 1º. Fórum da Energia.

 

http://ambienteonline.pt/canal/detalhe/finerge-junta-sol-ao-vento-apos-12-milhoes-de-euros-de-investimentos