13º Fórum dos Resíduos: Fundos europeus 2021-27 colocam prevenção e reciclagem em primeiro lugar

10.04.2019

“Vai haver dinheiro com o plano Juncker 2021-27, mas Portugal terá de assegurar plano de gestão, reciclagem e prevenção em primeiro lugar” alertou Jorge Diaz Del Castillo, responsável pela DEG ENV – Direção Geral do Ambiente da Comissão Europeia, na sua intervenção por vídeo chamada a partir de Bruxelas, durante o 13º Fórum dos Resíduos.

 

Castillo reforçou a exigência nas metas e que há um gap, quer de implementação de medidas quer de investimentos entre países, existindo catorze Estados mais atrasados, entre estes Portugal.

 

“Enquanto cidadãos temos de facilitar o trabalho de separação de resíduos á partida, não o fazer no fim do percurso por entidades gestoras”, referiu quanto à recolha, “aquilo que não fizermos antes vamos pagar depois”.

 

Segundo Castillo, Portugal deve redirecionar os seus esforços para baixar o envio de resíduos para aterro e aumentar a taxa de reciclagem, avisando que a Comissão vai mudar em breve, mas as exigências vão permanecer.

VOLTAR