25 albufeiras têm 80 por cento do volume total

12.05.2020

Das 59 albufeiras monitorizadas pelo Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH), 25 apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80 por cento do volume total, segundo dados de abril. 

Cinco albufeiras apresentam mesmo níveis de armazenamento de 100 por cento. É o caso de Alijó e Serra Serrada, na Bacia do Douro, e Apartadura, Cova do Viriato e Sta Águeda – Marateca, na Bacia do Tejo.

 

Os níveis mais baixos de armazenamento, inferiores a 40 por cento do volume total, registam-se a sul do país. No Barlavento a albufeira de Bravura está apenas com 31,9 por cento da sua capacidade preenchida.  Vigia, na Bacia do Guadiana, não ultrapassa os 36, 3 por cento.  

 

Na Bacia do Sado também se registam níveis baixos nas albufeiras de Campilhas (9.6%), Fonte Serne (29.8%), Monte Gato (22.3%), Monte Migueis (24.5%), Monte da Rocha (10.5%) e Roxo (30.8%). Na bacia do Tejo há uma albufeira (Divor) com apenas 20,1 por cento da sua capacidade.

VOLTAR