Plano “Lisboa Limpa” implica investimento de 8 milhões de euros

O plano abrange 4 áreas de intervenção: as zonas históricas, a expansão da recolha selectiva porta-a-porta, novos equipamentos e reforço de recursos humanos, e acções de sensibilização para a população.

10.03.2009
O Plano de Intervenção 2009 “Lisboa Limpa”, delineado pelo gabinete do presidente da Câmara Municipal da capital, António Costa, envolve um investimento de 8 milhões de euros. O plano abrange 4 áreas de intervenção: as zonas históricas, a expansão da recolha selectiva porta-a-porta para novas áreas, novos equipamentos e reforço de recursos humanos e acções de sensibilização para a população.

O município vai alargar a recolha selectiva às zonas envolventes dos Estádios da Luz e de Alvalade, Nª Srª de Fátima e Quinta do Lambert, abrangendo um total de cerca de 16 mil fogos. No âmbito do “Lisboa Limpa”, o município adquiriu 75 viaturas novas viaturas: 9 varredoras e 2 lavadoras, 8 kits de novas escovas, 19 viaturas de caixa aberta, 5 viaturas de remoção, 20 viaturas movidas a gás natural (10 já adquiridas), 10 viaturas a diesel e 10 de tracção eléctrica, mais silenciosas e menos poluentes.

Por outro lado, a montagem de gruas em 7 viaturas de compressão, adaptadas à recolha de ecopontos vai permitir aumentar a compressão dos resíduos, tornando o processo mais eficiente. A autarquia fica assim com um total de cerca de 400 viaturas.

Para além dos novos equipamentos, a autarquia criou mais 45 postos de trabalho para cantoneiros. O vereador Sá Fernandes considera que é «graças aos trabalhadores que Lisboa está mais limpa» e que vai ser possível fazer ainda melhor «com este reforço de pessoal e de equipamentos». Até ao final do ano, a autarquia vai acolher um total de 120 novos trabalhadores na limpeza.

Falando na sessão de apresentação do plano, a 7 de Março, António Costa sublinhou que «não nos podemos conformar com o nível de limpeza que a cidade tem tido. Temos que fazer mais e temos que fazer melhor». O edil acrescentou que o programa de limpeza para 2009 traduz esse esforço para que, «com mais meios, mais pessoal, e a campanha de sensibilização junto da população, possamos ter uma cidade mais limpa».
TAGS: lisboa , limpeza
Vai gostar de ver
VOLTAR