Boas práticas e recipientes reutilizáveis para takeaway

Dia Internacional sem Sacos de Plástico

03.07.2020

 

O Dia Internacional sem Sacos de Plástico, que hoje se celebra, inspira balanços e avaliação de práticas em todo o mundo, depois da ONU ter reconhecido a situação de catástrofe, estimando o lançamento de oito milhões de toneladas de plástico para os oceanos, em cada ano.  Assinalando este dia, a Quercus reafirmou a importância da reutilização de sacos de plástico e do seu correto encaminhamento para reciclagem. A Quercus apelou ainda à adoção de materiais reutilizáveis nas práticas do dia-a-dia, como a utilização de máscaras comunitárias e a opção por recipientes reutilizáveis para takeaway, de forma a contrariar a tendência de aumento do consumo de descartáveis, durante a atual situação de pandemia.

 

Para a associação, a crise climática e a crise económica, decorrente da pandemia Covid-19, mostram a necessidade de acelerar a transição para o modelo de economia mais circular, onde se valorizam os recursos e minimizam o consumo de plásticos, reutilizando e fazendo o encaminhando correto dos resíduos.

 

Em Portugal, a introdução de uma taxa a pagar por cada saco de plástico, em 2015, contribuiu para uma economia mais circular, levando à redução em cerca de 50% no consumo de sacos de plástico nos supermercados. A Quercus alerta para a necessidade de aumentar esta tendência, reutilizando ainda mais e optando por adquirir, e apenas quando estritamente necessário, sacos que incorporem ou sejam 100% compostos por plástico reciclado.

 

Fazendo face à crise climática «que está longe do fim e será provavelmente um “tubarão”, ao lado da crise pandémica que vivemos atualmente» a associação recordou hoje o facto da poluição marinha já nos afetar diretamente, através dos alimentos que ingerimos e da sua crescente incapacidade de absorver o CO2 que produzimos em excesso». 

VOLTAR