Comentário Rui Berkemeier: Recolhas de bioresíduos devem ser feitas pelas autarquias

05.11.2019

[O Governo revogou o despacho que atribuía a responsabilidade da recolha seletiva de resíduos biodegradáveis aos sistemas de gestão de resíduos urbanos multimunicipais detidos maioritariamente pela EGF, empresa privatizada em 2015, e pelos municípios]

 

Pergunta da redação: Face a esta posição que modelo defende para a recolha de bioresíduos, seja em sistemas intermunicipais, seja em sistemas multimunicipais?

 

Para lançar sistemas de recolha porta-a-porta e PAYT é necessário que a recolha seletiva e indiferenciada sejam feitas pela mesma entidade.

 

Assim sendo, quer nos sistemas intermunicipais quer nos multimunicipais (da EGF), todas as recolhas devem ser feitas pelas autarquias.

 

Rui Berkemeier é Engenheiro do Ambiente licenciado pela FCT/UNL. Foi Técnico Superior da Direção de Serviços de Hidráulica do Sul em Évora (1988-1992), na área de Controlo da poluição hídrica e extração de inertes, e Chefe de Setor de Ambiente da CM das Ilhas em Macau (1992-1996) na Gestão de Resíduos e Educação Ambiental. Desempenhou as funções de Coordenador do Centro de Informação de Resíduos da Quercus de 1996 a 2016 acompanhando as políticas nacionais de gestão de resíduos. Atualmente é técnico especialista na Zero – Associação Sistema Terrestre Sustentável.

VOLTAR