Concorrência dá luz verde à compra da Aquapor pela Saur

04.02.2021

A Autoridade da Concorrência (AdC) adotou uma decisão de não oposição à compra pela subsidiária da francesa Saur do controlo exclusivo sobre a Aquapor, empresa de abastecimento de água e saneamento de águas residuais, sediada em Lisboa.

 

A decisão foi tomada na terça-feira em reunião do conselho da AdC e publicitada no website daquela autoridade, tendo tido como justificação o facto de a compra não ser "suscetível de criar entraves significativos" à concorrência efetiva no mercado nacional ou numa parte substancial deste. A operação de concentração em causa consiste na aquisição, pela Saur International, uma subsidiária detida a 100% pela Saur, do controlo exclusivo da Criar Vantagens - Águas e Resíduos, sociedade veículo que detém a totalidade do capital social da Aquapor.

 

Recorde-se que em meados de janeiro, a Saur notificou a AdC da operação e divulgou também um comunicado anunciando o acordo com a DST Ambiente para comprar a Criar Vantagens, detentora de 100% da Aquapor, a gestora de concessões municipais de água em Portugal, mas sem revelar o valor envolvido na operação.

 

A Aquapor, com sede em Lisboa, atua desde 1997 na prestação de serviços de abastecimento de água e saneamento de águas residuais, e tem uma participação na fornecedora de serviços de abastecimento de água e tratamento de esgotos para as cidades industriais de Jeddah 2 e 3, na Arábia Saudita, onde a Saur também opera.

VOLTAR