EMAS de Beja pede 2,5 milhões de euros para pagar o que os fundos não financiaram

23.11.2017

A nova administração da EMAS (Empresa Municipal de Águas e Saneamento) de Beja está a finalizar a contratualização de um empréstimo de médio e longo prazo no valor de 2,5 milhões de euros para fazer face à obra de renovação das redes, que a anterior administração tinha expetativa de ver financiada por fundos comunitários.

 

Leia a notícia completa no Água&Ambiente na Hora (Nº 247 - 23.11.2017). Para subscrever o serviço Água&Ambiente na Hora ou pedir informações sobre o mesmo envie um e-mail para assinaturas@about.pt.

VOLTAR