Estão abertas as candidaturas à Bolsa Nacional de Espécies Florestais Autóctones

27.07.2020

A décima edição da Bolsa Nacional de Espécies Florestais Autóctones vai entregar 155 270 plantas de 42 espécies florestais autóctones, a entidades que tenham responsabilidade de gestão de terrenos públicos ou comunitários (baldios). O período de candidaturas abriu hoje e decorre até 30 de setembro de 2020.

 

O Floresta Comum, onde se integra esta Bolsa Nacional, surge da parceria entre a Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, o ICNF, I.P. – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, a ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses e a UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Estas organizações associaram-se com o objetivo de incentivar a criação de uma floresta autóctone, com altos níveis de biodiversidade e de produção de bens e serviços de ecossistema. A sua ação é parcialmente financiada pelo projeto Green Cork – reciclagem de rolhas de cortiça e conta com o mecenato da REN – Redes Energéticas Nacionais.

 

As vantagens de melhorar a composição da floresta portuguesa são conhecidas, nomeadamente na mitigação das alterações climáticas e dos incêndios florestais, sendo estratégico o recurso a espécies autóctones como carvalhos, medronheiros, castanheiros ou sobreiros, na composição de uma floresta está mais adaptada às condições climáticas locais. Segundo a Quercus, as ações de (re)arborização têm merecido «um grande o envolvimento da administração local, através dos municípios e Juntas de Freguesia».

 

Em anteriores anos, a Bolsa Nacional disponibilizou cerca de 1 088 985 plantas de 60 espécies autóctones que foram plantadas em terrenos públicos e comunitários (baldios). Desde a primeira fase de candidaturas, em 2012, tanto a solicitação, como a oferta de plantas têm mantido uma tendência de crescimento.

 

O Regulamento e os formulários de candidatura estão disponíveis no site www.quercus.pt através do separador Projetos – Floresta Comum ou no www.florestacomum.org/candidaturas.

VOLTAR