Ford quer crescer com neutralidade de carbono

02.07.2020

 

A Ford Europa será uma das primeiras a tornar-se neutra em carbono, antes da meta global, anunciou a Ford Motor Company, na apresentação do 21º Relatório anual de Sustentabilidade. A Ford investirá mais de 10 milhões de euros em veículos eléctricos até 2022 e compromete-se a oferecer uma versão electrificada de cada veículo de passageiros que lançar no mercado europeu, aumentando a sua gama de veículos electrificados  antes do final de 2021, incluindo veículos mild-hybrid, híbridos, Plug-In e eléctricos de bateria. "Ainda não temos todas as respostas, mas estamos decididos a trabalhar com  os nossos sócios e partes interessadas,  globalmente e a nível local, para lá chegar", afirmou Bob Holycross, vice-presidente e presidente da área de sustentabilidade, meio ambiente e segurança.

 

A estratégia de sustentabilidade da marca está centrada nas três áreas que representam aproximadamente 95 por cento das suas emissões de CO2: o uso de veículos, a base de fornecimento e as instalações da empresa. A empresa prevê a utilização de energia renovável de origem 100 por cento local nas suas unidades de produção em todo o mundo,  no horizonte de 2035, apostando em energia hidroeléctrica, geotérmica, eólica ou solar.  Na Europa, a Ford já utiliza energia eléctrica 100 por cento verde em todas as instalações no Reino Unido, na fábrica de Craiova, Roménia e na Colónia, na Alemanha. Recorde-se que a Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados,  conjugando a operação de 19 fábricas.

 

Em matéria de economia circular, assinale-se uma próxima colaboração com a industria do café. que vai tornar possível à Ford Motor Company a transformar desperdícios de café em peças de veículos.

VOLTAR