Governo dos Açores quer 65% de energia limpa na eletricidade até 2025

31.03.2021

Mário Mota Borges, secretário dos Transportes, Turismo e Energia do Governo dos Açores, afirmou que o executivo quer que a região tenha uma penetração de 65% de energia limpa até 2025 na produção de eletricidade. “A política energética do Governo dos Açores privilegiará os investimentos públicos e de iniciativa privada no aproveitamento das fontes de energia renováveis como energia hídrica, solar, eólica e especialmente a energia geotérmica. Para a concretização desse desígnio, vamos fomentar projetos assentes em soluções de armazenamento e gestão inteligente de energia, estabelecendo como meta até 2025 uma penetração de 65% de energia limpa para a obtenção de eletricidade”, disse o responsável.


As afirmações foram proferidas na comissão permanente de Assuntos Parlamentares, Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, realizada na Assembleia Legislativa dos Açores, na cidade da Horta, na ilha do Faial.


O secretário regional declarou ainda que a transição energética acarreta “claras vantagens económicas, sociais e ambientais para todos” e que o executivo dará “especial destaque” ao “combate à pobreza energética”, defendendo que os “mais carenciados” devem “encontrar na energia uma forma de reduzir os seus encargos”.

TAGS: Açores , energias renováveis , energia limpa , eletricidade
Vai gostar de ver
VOLTAR