João Nuno Mendes (AdP): “Negociações com sindicatos orgulham-nos”

09.09.2019

Água&Ambiente - A Águas de Portugal (AdP) concluiu ainda em 2018 o processo negocial com os sindicatos que culminou na assinatura de um acordo coletivo de trabalho que envolve mais de 2400 trabalhadores. Foi um passo importante para o grupo?
João Nuno Mendes - Este é um projeto de que nos orgulhamos muito. Chegámos a acordo com os sindicatos da UGT e CGTP. Este acordo coletivo de trabalho era para os trabalhadores que não tinham um instrumento de regulamentação coletiva. A EPAL já tinha um acordo de empresa... Tocámos em praticamente todos os pontos, nomeadamente em tudo o que tem que ver com subsídios industriais, que era uma área muito importante. Estamos a falar de horas extraordinárias, subsídios de turno, subsídio de prevenção. Estamos também a falar de harmonização do subsídio de alimentação no grupo. Também subimos o nível mínimo da tabela salarial.
 
(...)


Leia a notícia completa no Água&Ambiente na Hora (Nº 443 - 09.09.2019).

 

Para subscrever o serviço Água&Ambiente na Hora ou pedir informações sobre o mesmo envie um e-mail para assinaturas@about.pt.

 

Leia ainda a entrevista completa ao presidente do grupo Águas de Portugal, João Nuno Mendes, na próxima edição do jornal Água&Ambiente.

VOLTAR