Quadros elétricos do novo datacenter da REN produzidos em Corroios

12.04.2018

A Siemens, em consórcio com a Eurico Ferreira, foi escolhida pela REN – Rede Eléctrica Nacional para, em regime chave-na-mão, desenvolver o projeto do novo datacenter de Riba de Ave, no concelho de Vila Nova de Famalicão, que foi recentemente inaugurado, informa a empresa em comunicado.

 

A empresa foi responsável pelo fornecimento dos postos de seccionamento e transformação, quadros de baixa e media tensão, sistema de gestão técnica centralizada, sistemas de extinção de incêndios, climatização, segurança e videovigilância. 

 

Os quadros elétricos de baixa e média tensão utilizados neste projeto foram produzidos na fábrica da empresa em Portugal, localizada em Corroios. O comando e controlo de todas as tecnologias do novo datacenter, tais como energia, gestão centralizada, segurança e proteção contra Incêndios está a ser assegurado pelo software Desigo CC da Siemens.

 

Para o diretor da divisão Energy Management da Siemens Portugal, Fernando Silva, as diversas tecnologias utilizadas neste projeto asseguram a disponibilidade e segurança do sistema como um todo, pelo que serão fundamentais para garantir respostas fiáveis e atempadas, de acordo com as necessidades das infraestruturas críticas da REN e dos seus clientes. "Esta é uma parceria de longo prazo e que tem dado frutos muito positivos. Ficamos muito satisfeitos por contribuir de forma decisiva para os esforços da REN na área da Transformação Digital”, realça.

 

À Eurico Ferreira coube instalar as unidades de alimentação, equipamentos de ventilação e de climatização, unidades de tratamento do ar, instalações de comunicações, ligação de energia elétrica à rede pública e grupos geradores.

 

Este novo datacenter, que ocupa uma área de cerca de cinco mil m² e inclui 1.200 m2 de salas técnicas, permite reforçar significativamente a segurança da Rede de Telecomunicações de Segurança (RTS) e dos demais sistemas de informação críticos da Rede Nacional de Transporte operada pela Rede Elétrica.

 

Foto: REN

VOLTAR