Parlamento Europeu critica governos nacionais sobre gestão de resíduos

09.04.2019

O Parlamento Europeu votou uma resolução criticando governos nacionais sobre falhas na implementação de diretivas europeias nas leis nacionais, após terem recebido várias queixas de cidadãos sobre impactos negativos no ambiente e na saúde pública.

 

A resolução, adotada em recente sessão plenária do PE, foi a resposta a cerca de 60 petições apresentadas, em anos recentes, por cidadãos belgas, búlgaros, gregos, italianos, polacos, eslovacos, espanhóis e britânicos e as queixas referem a pouca qualidade do ar, contaminação de águas subterrâneas e ruído e odores resultantes de uma errada gestão de resíduos.

 

Os deputados europeus apelaram aos governos para apoiarem um novo modelo de negócio baseado na redução de resíduos, reutilização e reciclagem de materiais, de acordo com uma transição com uma economia circular, já estabelecida em diretiva própria.

 

Entre as medidas específicas referidas na resolução está a promoção da recolha porta a porta e o assegurar de transparência acerca do volume, destino e tratamento dado aos resíduos recolhidos. Este será um dos temas do 13º Fórum Nacional de Resíduos que amanhã começa numa organização do jornal Água&Ambiente.

VOLTAR