Pavilhão de Portugal é montra de 500 projetos portugueses espalhados pelo mundo (VÍDEO)

18.03.2018

Portugal ambicionou uma presença “forte e interveniente” no 8º Fórum Mundial da Água e o Pavilhão de Portugal, inaugurado hoje, dia 18, “simboliza essa vasta participação” que se estende também aos diversos processos – Político, Regional, Temático e Fórum Cidadão – que compõem este evento global, salienta Jaime Melo Baptista, Comissário do projeto “Portugal rumo a Brasília”.  

 

Num espaço que ocupa 216 metros quadrados é possível consultar informação sobre cerca de 500 projetos de 130 entidades diferentes do setor português da água, desenvolvidos quer em Portugal, quer fora de portas. “O Pavilhão pretende transmitir uma imagem de um Portugal moderno e inovador no setor da água”, resume Jaime Melo Baptista.

 

Nos próximos dias, o Pavilhão será também palco de um programa abrangente de atividades e da projeção de curtas-metragens portuguesas e internacionais sobre a temática da água.

 

É também um espaço que combina “a modernidade do setor com toda a nossa história e tradição”, acrescenta o comissário. O melhor exemplo é a réplica em tamanho real do Elétrico 28, que tem sido um dos principais chamarizes do Pavilhão.

VOLTAR