Portugueses admitem que água é barata mas não querem pagar mais

08.05.2018

Os consumidores portugueses admitem que o preço da água é relativamente baixo, tendo em conta o seu valor, mas não estão disponíveis para suportar um aumento de preço como forma de racionalizar o seu consumo.
 
Esta é uma das conclusões do estudo “Atitudes e Comportamentos dos Portugueses face à Água”, promovido pelo grupo Águas de Portugal, que foi apresentado esta manhã na Estação Elevatória dos Barbadinhos – Museu da Água, em Lisboa.
 
Este constitui um dos paradoxos que o estudo apresenta sobre a relação do consumidor com a água. Setenta e cinco por cento dos inquiridos manifesta desacordo em relação à ideia de aumentar o preço como forma de estimular o consumo racional em cenário de escassez.

 

Leia a notícia completa no Água&Ambiente na Hora (Nº 331 - 08.05.2018). Para subscrever o serviço Água&Ambiente na Hora ou pedir informações sobre o mesmo envie um e-mail para assinaturas@about.pt.

VOLTAR