Prio produz biocombustível para Transporte Marítimo

16.11.2020

A PRIO vai introduzir no mercado nacional o Eco Bunkers, um combustível verde para navios com 15% de incorporação de biodiesel, desenvolvido a partir de processos de reciclagem de matérias-primas residuais. Produzido na fábrica de Biodiesel da PRIO, em Aveiro, vai estar disponível para abastecimento em todos os portos portugueses, com particular incidência para os portos do Centro e Norte do país. O Eco Bunkers é ideal para frotas de navios que procurem reduzir a sua pegada ecológica, já que permite reduzir até 18% de emissões de CO2, tornando igualmente possível uma redução de consumo até 5%. O novo combustível garante elevados níveis de desempenho, sem qualquer necessidade de investimento adicional na adaptação do combustível aos motores dos navios.

 

A PRIO tem crescido no setor do transporte marítimo, responsável por cerca de 3% do total de emissões de CO2. Este novo produto de base sustentável é resultado de um trabalho de mais 10 anos de investigação e desenvolvimento na área dos biocombustíveis, que, de acordo com estimativas da PRIO, permitiu já uma poupança superior a 2,1 milhões de toneladas de CO2.

 

A marca tem apostado nos biocombustíveis avançados, produzidos através da reciclagem de óleos alimentares usados – sendo atualmente uma das maiores produtoras europeias de biodiesel a partir deste resíduo. Segundo o comunicado « a PRIO não quer ficar por aqui e nos últimos anos tem investido na produção de biodiesel através de outros tipos de matérias-primas residuais, como resíduos florestais, urbanos e industriais».

VOLTAR