Sá da Costa (APREN): Electricidade de origem fotovoltaica vai ter grande peso no futuro (COM VÍDEO)

APREN debateu o futuro da energia no Estoril a 3 de Dezembro

04.12.2015

O aumento das energias renováveis na produção de electricidade vai passar obrigatoriamente por um crescimento da produção solar fotovoltaica, que "vai ter um grande peso no futuro", salienta o presidente da APREN – Associação de Energias Renováveis, António Sá da Costa, em jeito de balanço da Conferência da APREN que no dia 3 de Dezembro debateu o futuro da energia, no Estoril.

 

A energia hídrica representa, em termos médios, 30 por cento da electricidade consumida e a eólica 25 por cento ao passo que a solar corresponde a apenas 1,5 por cento, compara. “É ridículo que Portugal, que tem o dobro da insolação que têm os países do centro da europa, tenha apenas 450 MW instalados. Isto quando a Grã Bretanha tem nove mil, 20 vezes mais, e a Alemanha já passou os 40 mil, portanto quase 100 vezes mais”, destaca.

TAGS: António Sá da Costa , renováveis , APREN , energia
Vai gostar de ver
VOLTAR