Resíduos: Políticas de Impacto

13.10.2021

Apesar dos objetivos mais exigentes que se colocam aos intervenientes na gestão de resíduos, através do novo Regime Geral de Gestão de Resíduos (RGGR) e do novo PERSU2030, Paulo Rodrigues defende uma política estruturante para o setor que, efetivamente, altere “a Extração, Produção, Distribuição, Consumo e que se traduza numa efetiva alteração do modelo de pensar, planear e implementar”.

 

“Temos objetivos mais exigentes, é verdade, mas se continuamos a fazer da mesma forma e com o mesmo planeamento então esses objetivos são apenas e só isso: mais exigentes sem serem transformadores e estruturantes”, reflete o especialista.

 

Leia o artigo de opinião completo aqui.

TAGS: Paulo Rodrigues , PERSU2030 , Regime Geral de Gestão de Resíduos , gestão de resíduos
Vai gostar de ver
VOLTAR