Em Barcelos 77% da água de poços e furos tem elevado nível de contaminação

Análises foram efectuadas pelo Laboratório de Saúde Pública de Braga para a Águas de Barcelos

31.08.2015

No concelho de Barcelos, distrito de Braga, 77 por cento da água de poços e furos particulares apresenta um elevado índice de contaminação, segundo análises realizadas pelo Laboratório de Saúde Pública de Braga para a Águas de Barcelos, divulgou hoje a empresa, que sublinha a importância de consumir água da rede pública.

  

Estes resultados surgem da implementação de um plano de amostragem e de um conjunto de análises a dois parâmetros indicadores da qualidade microbiológica (Coliformes totais e Escherichia coli) em águas de poços e furos dos munícipes que estiveram presentes nas sessões de sensibilização “A Água da Rede Pública na Promoção da Saúde” promovidas pela Águas de Barcelos, em coordenação com as juntas de freguesias do concelho.

 

Das 159 captações de água particulares analisadas até agora (10 poços e/ou furos por freguesia) a esmagadora maioria evidenciou a presença de um ou ambos indicadores selecionados. A presença destas bactérias pode originar doenças como a febre tifoide, gastroenterites vírica e bacteriana ou hepatite A.

 

Estas sessões, que visam sensibilizar a população sobre a importância da água da rede pública na promoção da saúde, têm contado com a colaboração de um profissional de saúde, especialista na área e tiveram início em Novembro de 2012, com quatro sessões de esclarecimento no Campus do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) destinadas a membros das juntas de freguesia e comunidade educativa. O objectivo é alargar este tipo de análises a todas as freguesias.

 

Recorde-se que a água distribuída no concelho de Barcelos conquistou em 2013 e 2014 o selo de qualidade exemplar da água para consumo humano no âmbito dos Prémios de Qualidade dos Serviços de Águas e Resíduos, promovidos pelo jornal Água & Ambiente e pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), atribuídos pela primeira vez em 2013.

 

A Águas de Barcelos lembra que o sistema público é a via adequada de abastecimento à população na medida em que a água é tratada e controlada em cerca de 50 parâmetros de qualidade distintos, “através da verificação de indicadores microbiológicos, características organoléticas, composição físico-química e substâncias indesejáveis como por exemplo nitratos, metais pesados e pesticidas”. 

TAGS: qualidade da água , Barcelos , água da rede pública , água para consumo humano , contaminação , poços e furos
Vai gostar de ver
VOLTAR