Semana de Ambiente: O grande tema em foco em cada iniciativa

10.º Fórum Energia | 16.º Fórum Resíduos | 17.ª Expo Conferência da Água

14.07.2022

É já no próximo mês de novembro que as três iniciativas organizadas anualmente pelo Jornal Água&Ambiente voltam ao palco para discutir os grandes temas da atualidade. Na Semana do Ambiente, de 15 a 22 de novembro, será possível conhecer e participar nos debates prioritários nas áreas da Energia, Resíduos e Água.

 

 

10.º FÓRUM ENERGIA (15 e 16 novembro)

 

A aceleração da transição energética é o grande tema em foco no 10.º Fórum Energia, agendado para os dias 15 e 16 de novembro. A invasão da Ucrânia pela Rússia veio evidenciar a necessidade de percorrer mais rápido o rumo traçado para garantir a descarbonização da economia, mas também a independência energética da Europa. Quais as prioridades em que Portugal se deve centrar para atingir estes objetivos? Que limitações existem a este processo de aceleração da transição energética e como podem ser superadas? Estas serão questões em destaque no evento de referência na área da energia.   

 

16.º FÓRUM RESÍDUOS (17 e 18 novembro)

 

Com o plano estratégico setorial na reta final, este ano, o grande mote para o debate no 16.º Fórum Resíduos, que se realiza de 17 a 18 de novembro, é a implementação do PERSU 2030. É tempo de partir para o terreno e, no evento de referência do setor dos resíduos, todas as atenções estarão viradas para os projetos em curso e os investimentos previstos que permitirão ao país atingir as ambiciosas metas ambientais com que está comprometido. Será o momento certo para identificar desafios prementes e possíveis soluções, mas também identificar oportunidades para captar os recursos financeiros necessários para fazer este caminho.

 

17.ª EXPO CONFERÊNCIA DA ÁGUA (21 e 22 novembro)

 

A implementação do novo plano estratégico para o setor é também o grande tema em destaque na 17.ª Expo Conferência da Água, marcada para os dias 21 e 22 de novembro. Os grandes desafios da execução do PENSAARP 2030, como a aplicação de tarifas sustentáveis num contexto de eficiência ou as formas de evitar um setor a duas velocidades, estarão no centro da discussão. E este debate é feito numa altura em que se torna penosamente evidente que o problema da escassez de água veio para ficar e que novas soluções serão necessárias para fazer face ao avanço inexorável das alterações climáticas.   

 

MARQUE JÁ A SUA PRESENÇA!

 

Inscreva-se já!

TAGS: Conferências , água , ambiente , energia , resíduos
Vai gostar de ver
VOLTAR