Uma nova esperança ambiental para Angola

09.06.2021

É já no próximo mês de julho que o governo angolano vai apresentar nas Nações Unidas o seu primeiro relatório de desenvolvimento sustentável, no qual constam 17 objetivos que visam várias melhorias na sociedade num horizonte até 2030, nomeadamente ao nível do ambiente, como metas de acesso à água potável, melhoria do saneamento e implementação de energias renováveis.

 

Embora confesse que estes objetivos parecem “uma miragem no deserto ambiental”, Jacqueline Martins da Silva acredita que assume relevância a assunção destas responsabilidades por parte do Governo angolano perante a ONU, representando um desafio enorme perante o executivo.

 

Leia o artigo de opinião completo em: Os “17 objetivos de desenvolvimento sustentável” de Angola

TAGS: Angola , Jacqueline Martins da Silva , ONU , desenvolvimento Sustentável
Vai gostar de ver
VOLTAR