Comissão Europeia promete mais apoio à indústria eólica

Comissão Europeia promete mais apoio à indústria eólica

A União Europeia vai apresentar um pacote de medidas para apoiar a sua indústria de energia eólica, enquanto as empresas de energia renovável lutam com desafios, incluindo a inflação, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, esta quarta-feira.

"Vamos acelerar ainda mais as autorizações. Melhoraremos os sistemas de leilões em toda a UE. Vamos concentrar-nos nas competências, no acesso ao financiamento e em cadeias de abastecimento estáveis", disse Von der Leyen num discurso no Parlamento Europeu.

“Mas isto é mais vasto do que um setor. Da energia eólica ao aço, das baterias aos veículos elétricos, a nossa ambição é muito clara: o futuro da nossa indústria de tecnologias limpas tem de ser feito na Europa”, acrescentou.

Salientando que a indústria europeia continuará a ser apoiada na transição verde, Von der Leyen afirmou que o setor da energia solar foi afetado pelas “práticas comerciais desleais da China”.

A Europa, referiu, mantém o rumo no que respeita à transição verde: “Mantemo-nos ambiciosos, mantemo-nos fiéis à nossa estratégia de crescimento e lutaremos por uma transição justa e equitativa.”

Este é o quarto discurso do Estado da União de Ursula von der Leyen e o último deste mandato como líder do executivo comunitário.

O discurso sobre o Estado da União marca a cada ano, em meados de setembro, o início oficial do novo ano legislativo e ocorre na sessão plenária do Parlamento Europeu, na cidade francesa de Estrasburgo.

Topo
Este site utiliza cookies da Google para disponibilizar os respetivos serviços e para analisar o tráfego. O seu endereço IP e agente do utilizador são partilhados com a Google, bem como o desempenho e a métrica de segurança, para assegurar a qualidade do serviço, gerar as estatísticas de utilização e detetar e resolver abusos de endereço.