Luís Assunção: “A missão principal dos operadores em baixa é tornarmos fácil e eficiente o sistema que está disponível ao cidadão”

O município do Porto tem aumentado, todos os anos, a recolha de materiais recicláveis (fração orgânica e multimaterial), tendo atingido, no final de 2022, uma taxa de preparação para reciclagem de 42,2%. Para Luís Assunção, Vice-Presidente da Porto Ambiente, a empresa municipal, constituída em 2017, responsável pela gestão de resíduos urbanos, o sucesso na recolha passa por facilitar a vida ao cidadão e tornar possível a separação de todos os fluxos.

O responsável da Porto Ambiente foi um dos oradores do painel “Entidades gestoras e municípios – como promover parcerias com a indústria da reciclagem?”, que integrou o programa da Conferência Reciclagem & Valorização, que decorreu em Santa Maria da Feira.

Topo
Este site utiliza cookies da Google para disponibilizar os respetivos serviços e para analisar o tráfego. O seu endereço IP e agente do utilizador são partilhados com a Google, bem como o desempenho e a métrica de segurança, para assegurar a qualidade do serviço, gerar as estatísticas de utilização e detetar e resolver abusos de endereço.