Renováveis em corrida intranquila até ao final do ano

25.06.2020

Paulo Preto dos Santos, colunista do Água&Ambiente – Portal Ambiente Online no campo da Energia sinaliza a divergência de Portugal no cumprimento das metas obrigatórias dos estados-membro da UE, relativamente às contribuições das fontes de energias renováveis (FER) avaliadas relativamente aos respetivos consumos brutos de energia final. A análise da situação portuguesa, a seis meses do final de 2020, numa corrida já ganha pela Suécia, a Dinamarca, a Finlândia, a Estónia, a Croácia, a Bulgária, a Lituânia a Letónia, a Itália, o Chipre e a República Checa. Portugal não tem ainda como garantido que consiga cumprir mas poderá fazer uso de mecanismos e prerrogativas previstos na lei.

 

Leia tudo em Paulo Preto dos Santos (Energia): Renováveis em corrida intranquila até ao final do ano

VOLTAR