Transição no setor gasista: novas mudanças, novas oportunidades

06.01.2021

Em consequência de as redes de gás natural passarem a poder incorporar gases renováveis, os próximos anos serão de forte mudança no setor gasista. Este cenário de exploração exigirá a monitorização da qualidade do serviço e implicará que os operadores tenham que dotar-se a curto prazo de meios de sensorização e de ferramentas de apoio à gestão que permitam obter uma imagem mais precisa dos fluxos de gás e das suas caraterísticas físicas e composição molecular, bem como da sua despachabilidade.

 

Como afirma João Peças Lopes esta transição apresenta grandes semelhanças com a alteração de paradigma de funcionamento das redes elétricas de distribuição, podendo esse conhecimento e experiência serem transpostos para o setor gasista, acelerando a transição energética e digital nesta área, o que pode conduzir simultaneamente à identificação de grandes oportunidades para o desenvolvimento de aplicações de hardware e software que muito podem aproveitar à indústria Portuguesa.

 

Leia tudo em: Peças Lopes: A Transição Energética e Digital nas Redes de Distribuição de Gás em Portugal

VOLTAR